Tribologia

Saúde dos equipamentos no s360

A análise de óleo é uma das principais ferramentas da manutenção preditiva e permite que você monitore a saúde de seus equipamentos e máquinas por meio de um acompanhamento bastante eficiente.

Abaixo, explicamos como lidar com a saúde de seus equipamentos no Sistema 360, também conhecido por s360, ferramenta criada para agilizar a manutenção preditiva. Confira!

O Sistema 360

O s360 foi desenvolvido pela ALS, com o intuito de tornar a manutenção preditiva cada vez mais rápida e minuciosa. Ele permite detectar falhas prematuramente, reduzir os custos de sua empresa e aumentar a durabilidade de seus equipamentos.

Dessa forma, o s360 veio para revolucionar o planejamento e a gestão de resultados da sua empresa. A ferramenta, que vem sendo aprimorada cada vez mais, possibilita que você simplifique o dia a dia e permite o gerenciamento de ativos e de resultados de análises de óleo em tempo real e de forma dinâmica.

Veja 5 motivos para você implementar a cultura da análise de óleo em sua empresa.

Primeiros passos no s360

O primeiro passo, claro, é realizar devidamente o registro de seus equipamentos no sistema. Para isso, você deve clicar em “Equipamentos”, no menu lateral da ferramenta, e, já dentro da aba, clicar no botão “Novo Equipamento” no menu superior.

Depois disso, basta preencher todos os dados do equipamento e seus compartimentos para aproveitar ao máximo essa ferramenta que tanto pode ajudá-lo na gestão de seus resultados. Lembre-se de clicar em “Salvar” antes de sair.

Outro recurso muito importante é o de registro de coleta. Fazer o pré-registro antes de enviar a coleta torna mais rápido todo o processo de identificação e diminui as chances de um possível erro.

Para aprender como registrar o cadastro detalhado de seus equipamentos e os registros das amostras, clique aqui!

Saúde dos equipamentos

A tela de “Saúde do Equipamento” no s360 funciona como um relatório completo para cada equipamento de sua empresa.

O objetivo é trazer uma visão geral do equipamento, os compartimentos monitorados e seus respectivos status, explicitando o histórico de cada um deles por meio de um link, em que é possível acessar todos os resultados do equipamento.


São apresentados, além disso, os dados cadastrais do equipamento e as edições que possam ter sido realizadas em seu cadastro. Além disso, é disponibilizada ao cliente uma “Conta” em que são levados em consideração os últimos três status de cada compartimento, com cada um deles pontuando informações de formas específicas para melhor entendimento do cliente.

Como resultado, é gerado um número resultante da “Conta” que diz respeito à saúde do equipamento.

Apresentação dos dados

Com a disposição dessas informações e o envio constante de novas amostras, pode-se atualizar o status da saúde do equipamento e montar gráficos elaborados, criando assim um histórico correspondente à sua linha de saúde.

Os números dispostos nos históricos auxiliam os gestores de manutenção a identificar a ordem de prioridade de inspeção/intervenção de cada equipamento e, dessa maneira, optar pelas ações mais eficientes.

Conclusão

Vimos o quão importante é realizar a análise de óleo para a manutenção da saúde dos equipamentos de sua empresa. Obter resultados elaborados e agir previamente pode reduzir bastante os gastos com seus equipamentos, sobretudo quando se tem à disposição o s360, ferramenta que agiliza todo esse processo e torna o cotidiano de sua empresa ainda mais eficiente.

Compartilhe este conteúdo

Imprimir