Meio ambiente

Reciclagem: ferramenta de sustentabilidade

A produção de lixo no mundo deve ter um aumento de 1,3 bilhão de toneladas para 2,2 bilhões até o ano de 2025, segundo as estimativas do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma).

Para os especialistas da entidade, a gestão dos resíduos e o descarte correto de materiais se torna cada dia mais imprescindível para que o mundo caminhe para um desenvolvimento sustentável.

A ALS compreende seu papel enquanto empresa geradora de resíduos, e por isso, tem programas de sustentabilidade locais e globais.

Na américa latina, cada unidade, de acordo com as necessidades e legislações locais, atua no sentido de sustentabilidade, preservação e reciclagem de resíduos.

Veja a seguir as ações com foco em reciclagem que realizamos no grupo Life Sciences LATAM:

República Dominicana

 A ALS Dominicana, no âmbito do projeto de Sustentabilidade que está realizando, começou com a iniciativa de reduzir o desperdício através da compostagem de resíduos orgânicos e eliminando o uso de recipientes descartáveis em nossa sala de jantar.

Os resultados da separação da matéria orgânica e sua transformação em composto se refletiram em uma melhoria significativa no gerenciamento de resíduos, uma vez que essa fração representa cerca de 40% do saco de lixo doméstico, proporcionando também benefícios relacionados a redução de vetores de doenças parasitárias, descarte de fertilizantes orgânicos em nossa horta e a redução de custos de descarte e tratamento para o governo local.

Compostagem na ALS da República Dominicana

Environmental São Paulo – Brasil

Em 2019, mais de 56 toneladas de plástico, papel e papelão foram reciclados nas unidades, totalizando a média de 19% de resíduos produzidos sendo reciclados.

Esses valores fazem parte de iniciativas de redução de resíduos através dos 3Rs (reduzir, reutilizar e reciclar).

Food & Agro – São Paulo – Brasil

Todos os recicláveis são coletados (sem custo) semanalmente pela Prefeitura de São Paulo e enviados para uma cooperativa que separa e vende o material.

Só de papel, foram reciclados, de abril de 2019 a janeiro de 2020, 204 bags de 700 litros.

Além disso, a ALS Food & Agro São Paulo entrega semanalmente todos os alimentos não perecíveis em embalagens fechadas para a ONG Banco de alimentos, que ajuda mais de 22 mil pessoas. A data de validade dos alimentos é revisada anteriormente.

Somente para a ONG, foram doados 712 kg de alimentos em 2019.

Doação para ONG Banco de Alimentos

Environmental Bahia – Brasil

Com o compromisso de reduzir as quantidades enviadas para a incineração e enviando todos os resíduos da classe II B para reciclagem, foi possível reciclar mais de 4 toneladas de papeis, vidros e plástico, de abril de 2019 a janeiro de 2020, equivalendo a 22,30% de resíduos reciclados no período.

Environmental Belo Horizonte – Brasil

Na unidade, o desperdício geral foi reduzido em 58% no terceiro e quarto trimestres de 2019 devido à reciclagem e uso de lixeiras separadoras.

Separação para reciclagem em Belo Horizonte – MG

Environmental Buenos Aires – Argentina

Na unidade, os resíduos enviados para reciclagem com a empresa Ando Reciclaje, aliada estratégica da Fundação Reciduca.

Foram enviados para reciclagem, 2.5 toneladas de vidros no período de abril a dezembro de 2019, e 380 quilos de plástico.

Separação de resíduos em Buenos Aires

Environmental Arequipa – Peru

Em Arequipa, A AREMIST, uma associação de recicladores começou a coletar materiais recicláveis em janeiro de 2019, conforme a Lei N ° 29.419, após parceria firmada até 2020 com o munícipio de Bustamante. Ano passado, duas toneladas e meia de resíduos sólidos recicláveis foram entregues à AREMIST.

Environmental Santiago – Chile

Em Santiago, a equipe se focou no projeto de reutilização de garrafas de vidro e frascos utilizados em testes, reduzindo a compra, e por fim, o descarte de 25% em quilos de novas aquisições.

2017: compra de garrafas de vidro de 9.343 kg.

2018: 14.660 kg de garrafas de vidro compradas.

2019: 8.000 KG de garrafas de vidro compradas (redução de 33%).

Environmental Lima – Peru

Desde 2018, a equipe de Lima iniciou vários projetos para reduzir o desperdício, melhorar a segurança e melhorar a eficiência operacional, incluindo projetos de miniaturização. Ao avaliar os resultados dos projetos, o total de compras de garrafas em cada período foi revisado. O peso amostral da garrafa média reduziu de 348g para 247g – uma redução de 29%. Com base nos números de garrafas adquiridos em 2019, isso equivale a uma redução de 60.000 a 90.000 kg de vidros que a ALS, anualmente não mais transporta ou utiliza.

Food&Agro Bogotá e Barranquila – Colombia

Através da separação de itens dos colaboradores, foi possível reciclar:

  • 578 k de papel
  • 223 kg de plástico

Todas essas ações mostram que, com planejamento e conscientização, é possível criar redes, parcerias e ideias que geram, não só o maior volume de reciclagem de resíduos, como ações que reduzem a compra e uso de materiais e a reutilização desses itens, gerando vida útil maior, além do não descarte no meio ambiente.

E sua empresa, como tem lidado com os resíduos? Saiba mias baixando nosso e-book de sustentabilidade ambiental aqui.

Compartilhe este conteúdo

Imprimir