Artigos, Meio ambiente, Química e Petroquímica

O que é TPH e qual sua relevância?

GRÁFICO ALCANOS

TPH (do inglês “Total Petroleum Hydrocarbons”) é um termo usado para descrever um grupo de centenas de compostos químicos provenientes do petróleo cru, que podem contaminar o meio ambiente. Este grupo é formado principalmente por hidrocarbonetos.

Como há muitos compostos químicos no petróleo cru e em outros produtos do petróleo, não é prático medir a concentração de cada um separadamente. Entretanto, é útil medir a quantidade total de TPH num certo local, pois pode ser usado para avaliar a contaminação ambiental.

Demonstração do Cromatograma de uma solução padrão 200 ppm de uma mistura de TPH.

Como ocorre a contaminação com TPH?

TPH podem ser introduzidos ao meio ambiente através de acidentes, liberação pela indústria, ou como produtos secundários de uso privado ou comercial. Podem ser lançados em águas, através de derramamentos ou vazamentos: algumas frações de TPH flutuarão e formarão um filme superficial; outras frações afundarão até os sedimentos. Algumas frações de TPH se moverão até o solo, onde podem permanecer por um longo tempo.

Todos estão expostos aos TPH de diversas maneiras, incluindo respiração de ar em postos de combustíveis, uso de produto químico em casa ou no trabalho, ingestão de água contaminada com TPH, trabalho em ocupações que usam produtos do petróleo, viver em área perto de derramamento ou vazamento de produtos de petróleo, tocar solos contaminados por TPH.

Como o TPH afeta a saúde humana?

Alguns compostos de TPH podem afetar o sistema nervoso, causando dores de cabeça e tonturas, dormência nas pernas e nos pés; outros compostos podem causar efeitos no sangue, no sistema imunológico, nos pulmões, na pele e nos olhos. Foi determinado pela IARC (do inglês “International Agency for Research on Cancer”) que um composto de TPH, o benzeno, é carcinógeno a humanos.

Prevenção e remediação

Indústrias petrolíferas e petroquímicas podem se utilizar de ferramentas como os laudos de análises de TPH para monitorar suas áreas de atuação e tomar as medidas necessárias para prevenção e remediação, uma vez que, além da importância para o meio ambiente por si só, seu controle é relevante para a sociedade e para a própria sobrevivência no mercado, visto o compromisso com desenvolvimento sustentável que tem sido cobrado pelos consumidores.

Cromatógrafo à Gás com Detector de Ionização em Chama – FID com amostrador automático para 2 injeções simultâneas.

Na ALS Life Sciences, o método analítico, tanto qualitativo quanto quantitativo, é baseado em procedimentos reconhecidos internacionalmente, como aqueles publicados pela USEPA (do inglês “United States Environmental Protection Agency”).

Compartilhe este conteúdo

Imprimir