Alimentos

Bromatologia: Entenda o que é e sua importância

A Bromatologia é a ciência que estuda os alimentos, analisando-os das formas mais detalhadas possíveis. É por meio dela que se percebe as propriedades físicas dos alimentos, qual a sua composição química, de que maneira atuarão no organismo dos seres humanos e de animais, qual o seu valor alimentício, quantas calorias ele tem, seus componentes tóxicos (chumbo, arsênico, mercúrio), assim como contaminantes, adulterantes que podem alterar a qualidade do alimento e as possíveis fraudes de sua produção. 

Isso significa que a Bromatologia diz respeito a tudo que envolve os alimentos consumidos pelos seres vivos. Ela estuda cada alimento e seus componentes, desde o momento em que é produzido, passando por sua coleta, seu transporte e até a sua venda. É um trabalho bem específico e que envolve diferentes tarefas, pois a Bromatologia acompanha desde o controle de qualidade de cada alimento até o seu armazenamento. 

Vale ressaltar que essa ciência estuda não só os alimentos naturais, como os industrializados e suas matérias-primas. Outro ponto a ser destacado se refere às questões legais, pois é a bromatologia que auxiliará os profissionais da área, verificando se o alimento analisado possui as exigências presentes na legislação ou se não possui os componentes tóxicos que são condenados, como adulterantes, aditivos prejudiciais à saúde, se no processo de produção passou por algum tipo de contaminação, se a esterilização foi feita de forma adequada, tamanho das embalagens ou dos rótulos e as tintas utilizadas no processo de embalagem, por exemplo. 

Ela diz respeito a tudo que envolve um alimento, garantindo sua qualidade para que chegue da melhor forma até o consumidor. 

Qual a importância da Bromatologia? 

As análises feitas pela Bromatologia são imprescindíveis para proteger o consumidor de alimentos inadequados para a sua saúde, garantindo o consumo de alimentos de qualidade e dentro da legislação vigente. 

Onde são feitas as análises? 

Os profissionais da área atuam em laboratórios da indústria alimentar ou, então, em institutos especializados em nutrição. Eles são treinados para trabalhar com análises mais convencionais e até mesmo com métodos mais sofisticados. No caso dos meios convencionais de análise, os profissionais da Bromatologia utilizam substâncias reagentes para observar a qualidade dos alimentos. Já as análises mais elaboradas, chamadas de instrumentais, utilizam aparelhos e equipamentos mais modernos para observar e compreender a composição dos alimentos estudados. 

É importante destacar que não existe um meio de análise melhor que o outro, a escolha pelo método mais adequado dependerá do tipo de alimento a ser analisado, já que cada um contém suas especificidades. 

O que acontece quando a análise encontra problemas no alimento? 

As rigorosas análises feitas pelos profissionais da Bromatologia classificam os alimentos em cinco tipos. Dependendo do resultado obtido, os alimentos são redirecionados ao consumidor ou enquadrados como crime. 

Os tipos de alimentos são: 

Genuíno: é o alimento considerados próprios para o consumo, sem nenhum tipo de substância que possa comprometer a saúde. 

Adulterado: é o tipo de alimento considerado impróprio para a saúde. Nesse caso, os responsáveis pela produção desse alimento são penalizados, pois a adulteração de alimentos caracteriza crime contra a saúde pública. 

Alterado: são alimentos que sofreram alterações físicas ou químicas durante a fabricação, conservação ou transporte. 

Falsificado: ele é produzido para se parecer com outro alimento, mas não possuem as mesmas propriedades. 

Contaminado: foi contaminado por substâncias que podem causar doenças ou infecções. 

A ALS é uma empresa líder em teste, inspeção, certificação e verificação, sediada em Brisbane, na Austrália. Para saber mais, acesse os nossos e-books e conte com conteúdos especializados! 

 

Compartilhe este conteúdo

Imprimir