Artigos, Meio ambiente

Biodegradabilidade a favor do meio ambiente

Biodegrabilidade

Os avanços na área ambiental crescem cada dia mais, em razão da própria necessidade de sustentabilidade, da legislação rígida, e do custo reduzido do uso da biodegradabilidade dos produtos.  

No mundo corporativo, essa realidade se repete, especialmente porque um ecossistema natural com temperaturas mais altas e clima instável, além de ar, mares e rios poluídos, é ruim não apenas para a população, mas também para o bolso, afinal, perde-se mais dinheiro do que se ganha.

Um estudo da Disclosure  Insight Action – CDP em 2019 projeta em US$ 1 trilhão o “custo climático” que as empresas terão que arcar caso as mudanças climáticas e a poluição se confirmem.

O que quer dizer biodegradabilidade?

O termo biodegradabilidade para o Ibama, significa a capacidade de uma substância orgânica ser metabolizada, levando, enfim, à formação de dióxido de carbono, água e biomassa.

Diferenças

Outro termo cada dia mais usado é ‘prontamente biodegradável’. Empregado para substâncias que atingem mais de 60% de biodegradação em um período de até 28 dias em determinadas condições.

Outros materiais podem ser considerados biodegradáveis desde que alcancem esse índice em um período de tempo que pode ser maior, por exemplo.

Por que pensar em produtos biodegradáveis?

O estímulo à biodegradabilidade é necessário e traz mais segurança para o ambiente, além de proteger as marcas e trazer maior sustentabilidade às empresas. Nesse movimento, inegavelmente, todos ganham, o meio ambiente, as pessoas e os negócios.

Para saber se seu produto pode ser considerado biodegradável, é necessário que testes sejam realizados com intuito de verificar como é a degradação das propriedades do produto.

Testes de biodegradabilidade

A análise dos produtos biodegradáveis é realizada seguindo uma série de normas internacionais como, por exemplo, ASTM D6400 e ASTM D5338, da Sociedade Americana de Ensaios e Materiais, além das ISO 17088 e ISO 16929, da Organização Internacional de Normalização, entre outras.

Se sua empresa cumprir todos os requisitos, que incluem as exigências, poderá obter a certificação DIN CERTCO, na principal na categoria, através de laboratórios que certifiquem seu produto como biodegradável.

Esses laboratórios, como a ALS, por exemplo, incluem testes, consultoria e apoio para a obtenção da certificação.

CTA Blog

Compartilhe este conteúdo

Imprimir