Alimentos

Análise Microbiológica dos Alimentos: Qual a sua importância

O alimento é uma condição imprescindível para a sustentação da vida. Mas antes da comida chegar propriamente na sua mesa, ela passa por um controle rígido para avaliar se está própria para o consumo humano. Nossa existência, afinal, se sustenta não apenas em comer, mas por comer alimentos de qualidade. Um dos tipos de controle da qualidade mais importantes neste processo é a análise microbiológica dos alimentos, essencial para avaliar as condições de higiene durante a produção, armazenamento, processamento e distribuição para o consumo. 

Em suma, a análise microbiológica dos alimentos é uma ferramenta que garante a manutenção ou melhoria da qualidade dos alimentos, seja no aspecto da segurança ou sensorial. Ao realizar uma análise microbiológica o estabelecimento responsável pela produção ou venda se protege de graves problemas relacionados à segurança dos alimentos, como a intoxicação alimentar. 

Análise Microbiológica dos Alimentos – Prevenção 

Os resultados das análises microbiológicas indicam, por exemplo, se há contaminações nos alimentos, qual o micro-organismo e a quantidade. Esse processo pode ser feito através de análises por microbiologia clássica ou por identificação de microrganismos por sequenciamento de DNA, em que é possível identificar a presença de bactérias patogênicas em todo tipo de alimento. 

Para um alimento ter boa qualidade sanitária ele deve ser livre de micro-organismos patogênicos. É justamente a ingestão de um produto com quantidade suficiente desses microrganismos que provocam a intoxicação alimentar, uma doença transmitida por alimentos capaz de levar a óbito. Entre as bactérias abrangidas pela Legislação, existe tolerância zero para Salmonella, explicitamente proibida para consumo humano. Há outros exemplos, como a contagem de coliformes fecais. 

As análises microbiológicas podem ser feitas durante todo o processo de fabricação, como forma de prevenção e controle de contaminações. Este controle vem sendo uma constante prática para a busca de aprimoramento e novas tecnologias que possam ser oferecidas aos fornecedores de matérias-primas, produtores de alimentos e distribuidores, com o intuito de oferecer produtos de qualidade e seguros aos consumidores finais. Por isso, é claro, esta é uma questão especialmente de saúde pública. 

Shelf life 

Os alimentos com carga microbiana elevada, acima dos padrões permitidos, têm seu shelf life reduzido. Shelf life é a chamada vida de prateleira de um alimento, basicamente como o prazo de validade de um produto, ou seja, o tempo em que o alimento permanece fresco e saudável para o consumo. 

A análise microbiológica dos alimentos se justifica exatamente para aumentar esse tempo de prateleira, e por tabela, impactar positivamente na economia industrial e na saúde pública. 

Os resultados das análises microbiológicas não devem ser usados por si só, mas sim para dar suporte a outros programas de qualidade, como planejamento do produto, pontos críticos de controle, entre outras ações que asseguram o nível de segurança do alimento. 

As análises de alimentos são serviços realizados por terceiros, e é fundamental selecionar um prestador de serviço que tenha qualidade nos serviços oferecidos. A ALS Global é uma empresa líder em teste, inspeção, certificação e verificação, sediada em Brisbane, na Austrália, e que atende a várias indústrias pelo mundo. Clique aqui para ter acesso aos e-Books da ALS. 

 

Compartilhe este conteúdo

Imprimir