Agricultura e Agronegócio, Alimentos, Artigos, Meio ambiente

Análise Agroquímica: como ela funciona e objetivos

A fim de garantir a segurança dos consumidores dos mais variados tipos de produtos, o caminho mais viável são as análises laboratoriais, como a análise agroquímica.

Veja, a seguir, em que ela consiste e quais são os principais objetivos buscados, portanto, com sua realização.

O que é uma análise agroquímica?

Fabricado para ser utilizado na agricultura, o agroquímico, normalmente, tem a finalidade de melhorar o desempenho das lavouras. Entre os principais agroquímicos estão os fertilizantes e pesticidas, por exemplo.

Por um lado, os agroquímicos contribuem com a produção agrícola, à medida em que evitam a proliferação de agentes invasores que possam matar ou danificar as plantas.

Por outro, esses mesmos produtos podem ser prejudiciais para o meio ambiente, para as próprias culturas e, por consequência, para o meio ambiente. Especialmente quando são utilizados em quantidades acima do limite permitido e recomendado pelo fabricante ou quando têm composições duvidosas.

Função

Trata-se da aplicação de conhecimentos sobre química e interação com organismos vivos para avaliar seus possíveis efeitos danosos.

Ela envolve diferentes aspectos, que vão desde os físicos até os toxicológicos, passando também pelas características químicas e mutagênicas do produto e como ele interfere na cultura em que é aplicado.

Quais são os objetivos da análise agroquímica?

A análise agroquímica fornece dados precisos e confiáveis sobre a aplicação de pesticidas e fertilizantes.

Esses dados comprovam cientificamente os efeitos dos agroquímicos sobre os agentes com os quais eles interagem direta ou indiretamente, sejam positivos ou negativos.

Atualmente o uso de agrotóxicos nas lavouras é bastante polêmico. De um lado existem setores que defendem esse tipo de produto como forma de melhorar o plantio, para atender a alta demanda de produção de alimentos mundial e, de outro há quem aponte que os malefícios superam os benefícios.

Isso por conta dos impactos ambientais, além de possíveis prejuízos para a saúde humana que podem causar.

Apoio nas decisões

O que a análise agroquímica faz é embasar essas discussões, com dados científicos, obtidos em condições controladas de laboratório, a fim de que elas atinjam um nível profissional e científico.

Afinal, estamos falando da saúde do planeta e da população que consome produtos que saem dessas lavouras.

Os resultados mostram a necessidade de encontrar outras formas de garantir o desempenho das culturas. Ou ainda, os benefícios de manter o uso de determinado agroquímico. Por isso, pode-se dizer que essa análise tem importância na esfera agrícola, ambiental e também social.

Para saber mais detalhes sobre as análises, incluindo a agroquímica, acesse o nosso e-book. Conheça os processos que regem esse trabalho laboratorial importante para a manutenção da vida e da saúde do planeta.

Compartilhe este conteúdo

Imprimir